quinta-feira, 7 de abril de 2011

O caminho das pedras


Sabe-se que as pedras falam.
São milénios de anos de História, concentradas nelas próprias, na sua origem e formação e tantos outros de a aprender a trabalhar: da pedra bruta à pedra trabalhada.

Foi um longo percurso, desde que o homem iniciou a edificação das suas casas e povoados com pedra sobre pedra seca, até que as cidades passaram a ter uma configuração regularizada, com pedra aparelhada, que os Romanos levaram a todo o Império.

E são alguns desses caminhos do tempo, da forma como o Homem honrou os seus mortos, como construi e se agremiou em povoados, em cidades ou criou lugares de crença e fé como as Igrejas ou conventos que estes circuitos nos falarão.

Tentar-se-á que estes circuitos se possam fazer durante um dia, no máximo dois, porque a logística implica uma maior organização de meios e recursos.

Propõe-se ainda que nestes passeios possam participar quem assim desejar, devendo escolher-se previamente o público a abranger.


Autor: M. F. Barata

Sem comentários:

Enviar um comentário